Julio César Prado é nomeado embaixador da pessoa com deficiência no Brasil e lança projeto


Perda da audição motivou ex-jogador de futebol profissional a criar projeto de inclusão social de surdos, que é referência no Estado de São Paulo

Júlio Cesar

Mais do que ex-jogador, Julio César Prado é um exemplo para a sociedade. O ex-boleiro, que atuou profissionalmente no Corinthians e Palmeiras na década de 80, perdeu totalmente a audição há 15 anos e neste mês foi nomeado embaixador da pessoa com deficiência no Brasil, no último dia 16, durante a décima edição da Reatech, feira internacional de tecnologias em reabilitação, inclusão e acessibilidade.

Presidente do Conselho Nacional dos Direitos da Pessoa Portadora de Deficiência (Conade), Moises Bauer oficializou a nomeação durante o evento, que contou também com outros nomes importantes do futebol brasileiro: Dino Sani, Zé Maria e Wladimir Rodrigues dos Santos, ex-jogadores do Corinthians, Olegário Tolói de Oliveira, Dudu ex-Palmeiras e Bruno Ferreira Bonfim. Dentinho, do Corinthians, e o radialista Osmar Santos também marcaram presença.

Na mesma cerimônia em que Júlio César foi oficializado embaixador da pessoa com deficiência, realizou-se o lançamento do Instituto Jogadas da Vida, gerenciado pelo ex-jogador e projeto inovador na área social. Hoje com 47 anos, Júlio perdeu totalmente a audição aos 32 anos, devido a um problema ocasionado pela grande quantidade de cálcio em seu organismo. Com a perda auditiva, veio a ideia de tentar ajudar outras pessoas que enfrentavam a mesma situação. Júlio começou a estudar mais sobre os esportes e criou exercícios para desenvolver as habilidades dos deficientes auditivos. Depois de muito esforço, a Secretaria Municipal de Esportes do Estado de São Paulo reconheceu o projeto, que é único no Brasil.

Embora não haja muitos profissionais de educação física especializados em educação especial, centenas de crianças e adolescentes da periferia da cidade de São Paulo são beneficiadas pelo projeto “Jogadas da Vida”. “Deus me deu uma grande missão, mas jamais deixou de colocar anjos em meu caminho para que eu pudesse realizá-la”, disse Júlio.

O instituto tem por finalidade “promover a educação, capacitação e inclusão social e corporativa da pessoa com deficiência através de projetos educacionais e cursos de capacitação profissional, bem como contribuir para o bem-estar e o desenvolvimento pessoal e profissional da pessoa com deficiência, promovendo a qualidade de vida e a inclusão digital”.

Entre os serviços oferecidos pelo Jogadas da Vida, aparecem cursos básicos de informática, atendimento e recepção. Além disso, oferece palestras, orientação pessoal e profissional, orientação familiar, projetos esportivos, aulas de dança, música e artes cênicas para pessoas com qualquer tipo de deficiência. Para participar, basta comparecer ao instituto e se enquadrar em um dos cursos de interesse ministrados de acordo com a sua deficiência.

O instituto vai ainda cadastrar a pessoa deficiente e posteriormente oferecer curso gratuito de capacitação profissional e inseri-los no mercado de trabalho. Dando apoio psicológico não só a PCD (Pessoa Com Deficiência), mas também a sua família. “Enfim, vamos proporcionar desenvolvimento e qualidade de vida à pessoa com deficiência e sua família através do esporte, educação, apoio psicológico e espiritual trabalhando o PCD como um todo”, conclui o ex-jogador.

Escrito por **Júlio Cesar** – PRESENÇA CONFIRMADA PARA O 2º CONGRESSO DE RECURSOS HUMANOS DO INTERIOR PAULISTA COM A PALESTRA SHOW – ” JOGADAS DA VIDA, A TRAJETÓRIA” 

** Palestrante oficial das palestras de  abertura dos  8 fóruns internacional de arquitetura e turismo acessível visando copa do mundo e olimpíadas que se realizam em 8 capitais do Brasil a partir de Janeiro/2012.

Bi-campeão pelo Corinthians e seleção brasileira o ex-jogador Julio Cesar, surdo aos 30 anos, mostra através de suas palestras e treinamento de vendas e negociação porque é considerado o mais novo fenômeno em capacitação e desenvolvimento empresarial.

Antes de perder a audição, jogou futebol profissional em equipes como: Palmeiras, Corinthians (“Democracia Corintiana”), Ponte Preta, Comercial de Ribeirão Preto, Antuerpen da Bélgica, etc. na década de 1980.
Após encerrar carreira, trabalhou por 10 anos na multinacional Pirelli, como vendedor, gerente e supervisor de vendas.
Atualmente, trabalha com crianças e jovens surdos. Desenvolveu o PROJETO “EDUCAÇÃO INTEGRAL DO SURDO ATRAVÉS DO ESPORTE”, o qual se dedica há cerca de dez anos, coordenando aulas em três escolas especiais municipais de São Paulo, que já beneficiaram milhares de crianças surdas.

Paralelamente, escreveu o livro “JOGADAS DA VIDA”, lançado no Brasil, Europa e África com o principal objetivo de expor a trajetória de sua vida (jogador, vendedor, início da surdez e trabalho de educador de surdos), proporcionando oportunidades para reflexão sobre como é possível adquirir e/ou modificar conceitos éticos, morais e espirituais, através do autoconhecimento adquirido pela superação de obstáculos durante o desencadear destes acontecimentos.

Atualmente, sua principal atividade passou a ser suas palestras e cursos de treinamento, focados para a área de vendas, Excelência em Atendimento, Trabalho em Equipe,Ética Profissional e Marketing Pessoal.

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s